quinta-feira, 17 de abril de 2014

PGE pede cassação de Wilson Filho, mas deputado diz que defesa deve provar justa causa


Ação genérica do Ministério Público pede cassação de 13 ‘infiéis’ 

O vice-procurador geral eleitoral, Eugênio José Guilherme de Aragão, enviou esta semana ao gabinete do ministro João Otávio de Noronha, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), parecer pedindo a cassação de todos os parlamentares que trocaram de partido, entre ele o deputado federal Wilson Filho, que deixou o PMDB para se filiar ao PTB. O parlamentar está entre os 13 deputados federais que respondem no TSE a um pedido da Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) de cassação por infidelidade partidária.

Em contato com a reportagem do PB Agora, Wilson Filho disse que está tranquilo e acredita que terá os argumentos apresentados na defesa acatados como justificativa para a justa causa, que motivaram na sua saída da legenda peemedebista

“No nosso caso está tranquilo, a defesa já foi apresentada e dentro da defesa eu provo a justa causa, todos os aspectos que devem existir para poder viabilizar uma mudança de partido sem ser por infidelidade e nós tivemos muitas razoes para mudar que estão detalhadas na nossa defesa”, destacou o parlamentar. Wilson Filho lembrou ainda que recebeu o aval do PMDB Nacional para deixar o partido sem contestações e até mesmo os suplentes, que seriam partes legítimas para pedir o mandato, entenderam que não necessitariam, já que o caso de mal estar dentro da legenda foi amplamente divulgado.

“O MP achou necessário entrar contra todos, é só o andamento da ação, não há nenhum fato novo”, concluiu,

O parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), todavia, rejeita as justificativas que motivaram a saída de Wilson Filho do partido, entre elas, a de que o deputado contou com a anuência do PMDB em relação a sua desfiliação.

“Cumpre destacar que tal fato não se encaixa em nenhuma das causas justificadoras dispostas no artigo1º da Resolução do TSE nº 22.610. Admitir que uma simples manifestação de concordância do partido de origem, sem qualquer exposição de fundamento apto a justificar a desfiliação do parlamentar, possa autorizar o desligamento dos quadros da agremiação, equivale a fazer letra morta o artigo 1º da Resolução do TSE nº 22.610”, diz o parecer.

Em sua defesa, o parlamentar também alega ter sofrido discriminação, citando, entre outros pontos, ter sido o único deputado federal a não participar das inserções partidárias na Paraíba e divulgação de uma nota oficial no site do PMDB taxando-o de mentiroso.

O relator também rebate a defesa do parlamentar no parecer, ao alegar que “as matérias jornalísticas acostadas aos autos pelo requerido, visando demonstrar a grave discriminação por ele sofrida, dão conta de que, em setembro de 2013, faltando quinze dias para o prazo final para filiações partidárias visando as eleições de 2014, ele ainda estaria cogitando a hipótese de se desfiliar do PMDB para filiar-se ao PTB. Portanto, os documentos juntados pelo próprio requerido ajudam a derrubar a tese que ele teria se desfiliado do PMDB em 2 de agosto de 2013”, tese que também é contestada pelo MPE.

Briga de Cícero Lucena com Cássio chega à cúpula nacional do partido e ganha repercussão na Revista Veja

A crise interna que  se intalou no PSDB , chegou na cúpula nacional  dos tucanos que temem que a briga termine afetando a candidatura do senador Cássio Cunha Lima, e até prejudicando na Paraíba, o palaque do presidenciável Aécio Neves. A versão eletrônica da revista Veja publica o desentendimento entre os senadores Cícero Lucena e Cássio Cunha Lima com relação à composição da chapa majoritária para as próximas eleições.

Leia a nota publicada pelo jornalista Lauro Jardim.

Começou a entrar água na candidatura do tucano Cássio Cunha Lima ao governo da Paraíba. Seu correligionário e colega de Senado, Cícero Lucena não abre mão de disputar a reeleição. Esse é o problema.

Sem a vaga ao Senado para oferecer a eventuais aliados, Cunha Lima terá muita dificuldade de reunir uma coligação ampla e competitiva. A decisão final sobre a situação na Paraíba deverá parar na cúpula nacional do PSDB. Cunha Lima manda:

- O partido poderá dizer se prefere um candidato ao governo ou ao Senado.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Mesmo tendo esposa como Sub-Secretária de Agricultura do Municipio de Campina Grande ao lado do PSDB de Romero. Adriano Galdino continua na base do PSB

Eleições  2014 agitada no Estado da  Paraíba. alguns  aliados histórico da  família  Cunha Lima, após  o desligamento oficial do Senador Cássio Cunha Lima (PSDB)  da base do Governador da  Paraíba. Ricardo Coutinho (PSB).


O ex- prefeito de  Pocinhos. o deputado licenciado Adriano Galdino (PSB). rompeu de  vez com o Senador tucano Cássio, Adriano Galdino foi prefeito da  cidade de   Pocinhos onde liderou a cidade por mais de 20 anos.  apesar de  sua esposa Eliane  Moura Galdino ser  Sub-Secretária de Agricultura da Cidade de  Campina Grande. o deputado mesmo assim rompeu com o senado e pré candidato ao Governo do Estado da  Paraíba.




O senador  e pré candidato a Governador nas eleições de 2014, Cássio Cunha Lima (PSDB) ganhará o apoio do presidente da  Câmara Municipal de   Pocinhos, Pauliano Lamec (PR).  segundas  informações  repassada ao blog, é que até o prefeito da  cidade de  Pocinhos, Cláudio Chaves (PMN).  também  poderá apoiar  o senador  Cássio Cunha Lima (PSDB).

Deputado pressiona Cássio e Romero para que filho ocupe vaga de Guilherme na PMCG

Aliado histórico do grupo Cunha Lima, o deputado estadual Carlos Dunga já trabalha nos bastidores para emplacar o filho, Carlos José, que deixou recentemente o Governo Ricardo Coutinho, nos quadros da gestão Romero Rodrigues, em Campina Grande.

A expectativa é que ‘Casé’, como é mais conhecido o filho do parlamentar, ocupe a vaga que será aberta com a desincompatibilização do deputado estadual Guilherme Almeida, na Secretaria de Agricultura do município. Almeida vai pedir a exoneração do cargo para poder estar apto para disputar a reeleição na ALPB nas eleições deste ano.

Conforme informações repassadas ao PB Agora, a família Dunga vem pressionando os tucanos, nos bastidores, para serem prestigiados na gestão tucana na Rainha da Borborema.

Caso Casé não seja alçado ao cargo de secretário, a expectativa é que o próprio Carlos Dunga assuma o posto, já que ele não pretende disputar a reeleição. Assim, Dunga abriria vaga na Casa de Epitácio Pessoa para o suplente Vital Costa.

Pelo visto, um ‘Dunga’ deverá em breve integrar a gestão Romero em Campina Grande. Basta saber qual.

Fiel ao grupo do senador Cássio, essa semana Dunga deu novamente provas de sua fidelidade, rebatendo as acusações do presidente do PT que classificava a candidatura tucana como um estelionato eleitoral. Dunga tomou as dores de Cássio e avisou que Charlington não tinha moral para tecer àquelas críticas. Da cúpula do PSDB, não houve nenhuma resposta oficial a declaração do dirigente do PT
.

Após recusa de Adriano Galdino, agora é Tião Gomes o cotado para assumir liderança do Governo na ALPB

EM ALTA: após sucessivas provas de fidelidade, Tião Gomes é cotado para assumir liderança do Governo na ALPB

Tido como um dos deputados mais fiéis ao projeto socialista, o deputado estadual Tião Gomes (PSL) entrou na bolsa de apostas e agora é cotado como o parlamentar mais qualificado para suceder o suplente Hervázio Bezerra (PSB) na liderança do Governo na Assembleia Legislativa a Paraíba.

O parlamentar é um dos únicos que permaneceu na base do Governo desde o início da administração estadual, estando com Ricardo Coutinho desde o segundo turno das eleições de 2010. De lá para cá, Gomes sempre defende as bandeiras levantadas por Ricardo Coutinho, sendo responsável por ter atraído milhares de seguidores do Brejo em prol ao projeto socialista.

Nos bastidores, o parlamentar se sente envaidecido com a lembrança, mas assim como o deputado Adriano Galdino (PSB), deve recusar o posto, deixando para os demais colegas a oportunidade de liderar o Governo.

Há quem diga, no entanto, que para fazer Tião Gomes mudar de ideia e aceitar o posto, basta algum gesto por parte do governador. De uma coisa ninguém tem duvidas. Essa seria uma liderança bombástica na Casa de Epitácio Pessoa.

Seguem ainda na cotação para liderança do Governo os deputados Lindolfo Pires (DEM) e Manoel Ludgério (PSD).

segunda-feira, 31 de março de 2014

Agra (PEN) reaparece mirando em exonerações do Governo RC

Cotado para vice de Cássio, Agra reaparece mirando em exonerações do Governo RC

Cotado para ocupar a vice na chapa encabeçada pelo PSDB, o ex-prefeito de João Pessoa, que é atual presidente do PEN na Capital, Luciano Agra, reapareceu essa semana para desferir críticas à decisão do governador Ricardo Coutinho em exonerar cerca de 2 mil comissionados na próxima reforma administrativa.

Em release encaminhado à imprensa, Agra faz um paralelo entre o ato do socialista e a data atual em que se lembra os 50 anos da Ditadura Militar no país.

VEJA NA INTEGRA 

Ex prefeito de JP lamentou que Ricardo Coutinho comemore 50 anos da ditadura militar demitindo centenas de comissionados

O ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), lamentou as demissões em massa promovidas pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) e repudiou que atitudes perseguidoras e antidemocráticas como essa ainda perdurem no Brasil e sejam tratadas como “naturais”, por governantes e gestores públicos.

“No dia em que completam 50 anos do golpe que implantou a ditadura militar no Brasil, o governador Ricardo Coutinho demite centenas de comissionados de uma vez só, por pura motivação política. Não podemos aceitar que esse tipo de gesto seja tratado com tanta naturalidade”, comentou Agra.

Para ele, a data de hoje é emblemática para o povo brasileiro e não se pode silenciar diante de atitudes semelhantes ao período em que a liberdade dos cidadãos foi suprimida e tantas vidas foram perdidas. “Nesta mesma data, o governador da Paraíba comemora demitindo profissionais, técnicos, pais e mães de família, pela simples suposição de que eles não votarão nele para que permaneça no poder. É um absurdo nunca antes visto”, lamentou.

O ex-prefeito de João Pessoa se solidarizou com os servidores que serão demitidos e reforçou a necessidade de a Paraíba construir um projeto de governo diferente do atual, em que “exista espaço para o contraditório e que a cidadania e o controle social não sejam programas de fachadas ou manipuláveis, mas que existam e sejam respeitados em sua plenitude”.

Após PPS, agora é Vené quem descarta aproximação do PMDB com RC: “Essa história literalmente não existe”

Depois do presidente estadual do PPS e vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, agora foi à vez do pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Veneziano Vital do Rêgo, negar qualquer reaproximação da sigla ou do presidente da sigla, José Maranhão, ao PSB do governador Ricardo Coutinho.

Nos bastidores havia a informação de que o ‘mestre de obras’ poderia estar se realinhando politicamente com o bloco girassol após a posse da desembargadora Fátima Bezerra no Governo do Estado.

O pré-candidato peemedebista ao governo rechaçou a possibilidade de diálogo entre a dupla (Zé e RC) e disse que desconhece qualquer tipo de aproximação. “Não tenho tido conhecimento, não é do meu conhecimento qualquer contato de ordem político partidária entre o PMDB e o PSB, a nossa candidatura está posta, e é apoiada pelos lideres do PMDB, portanto, essa historia de reaproximação literalmente não existe”, disse.

Veneziano disse que a candidatura do PMDB tem avançado nas regiões que não conheciam o seu nome e não demonstrou incômodo mesmo estando em terceiro lugar na pesquisa Consult.

“Esse percentual tende a crescer, nós temos um PMDB que estará se unindo a outras legendas, está desenvolvendo suas estratégias e só crescerá quando a campanha eleitoral realmente começar”, falou.

Para Veneziano, quem deveria estar incomodado com as pesquisas é o PSB.

“Quem deve estar ressabiado e a fazer indagações é a candidatura do governador que está em um patamar inalterado dentro do próprio governo, já a candidatura do PSDB está em curva decrescente, são duas postulações em que a tendência é cair – são candidaturas que tem recall”, falou.

As declarações de Veneziano foram dadas na manhã desta segunda-feira durante lançamento do portal que marca o centenário do governador Pedro Gondim. O evento foi realizado no Restaurante Canelle e contou com a presença maciça da imprensa paraibana
.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Ney ‘paquera’ com vaga apalavrada a Rômulo na chapa RC, mas também não descarta composição com Cássio


Filiado ao PSL, partido liderado pelo deputado estadual Tião Gomes - que faz ferrenha oposição ao senador Cássio Cunha Lima -, o ex-senador da Paraíba, Ney Suassuna, surpreendeu em entrevista nesta quarta-feira (18), ao afirmar que não descarta uma possível composição com o algoz de seu dirigente, ou seja, com o próprio Cássio nas eleições deste ano.




Na declaração, Ney também admitiu a possibilidade de compor a chapa encabeçada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).



Destacando que ‘está no jogo’ e que está apto a ocupar a titularidade, Ney, que já foi aliado histórico do PMDB de Zé Maranhão, disse que agora irá conversar tanto com o PSB de Ricardo, quanto com o PSDB de Cássio para analisar as possibilidades, podendo acontecer tudo, inclusive nada.



“Eu não posso dizer que sou candidato antes de conversar com os dois, eu preciso analisar com quem, o que e como isso se dará, mas é fato que eu estou no jogo, não sei se continuo ou não neste jogo, isso vai depender da pesquisa, que inclusive já estamos fazendo”, declarou.



A pretensão de Ney de disputar o Senado na chapa de Ricardo Coutinho também acaba indo de encontro as pretensões do vice-governador Romulo Gouveia (PSD), que já tem a mesma vaga apalavrada por Ricardo Coutinho na chapa socialista. Assim, para Ney poderá ser a vaga de vice, que ainda segue vaga na chapa.



Nos bastidores, a informação é de que Ney Suassuna realiza a ‘pesquisa’ e as conversas à revelia do presidente estadual do PSL, Tião Gomes, que não cogita, até agora, a possibilidade de se unir a Cássio Cunha Lima no pleito estadual de 2014.



No campo das possibilidades, a política segue sendo a arte dos possíveis e tudo pode acontecer até às vésperas das convenções.



A entrevista de Ney Suassuna foi veiculada no Programa Correio Debate, da 98 FM.

Branco confirma apoio a Cássio

Embora o PEN do deputado Ricardo Marcelo ainda não tenha definido oficialmente a posição que tomará nas eleições deste ano, o deputado Branco Mende, se antecipou e anunciou que vai seguir apoiar à candidatura do senador Cássio Cunha Lima, caso o PSDB siga com o projeto de candidatura própria na Paraíba.




Em entrevista que repercutiu em Campina Grande, ele lembrou que o presidente Ricardo Marcelo já havia sinalizado que apoiará senador Cássio Cunha e os que não seguirem a orientação serão penalizados, Branco disse acompanha a decisão do PEN.



Branco fazia parte da base de sustentação do governo na Assembleia Legislativa até o ano passado, mas com o iminente rompimento da aliança PSDB/PSB e a decisão do presidente Ricardo Marcelo, o deputado passa agora a engrossar a bancada de oposição.



- Eu sou filiado ao Partido Ecológico, presidido pelo deputado Ricardo Marcelo, e creio que agora em abril ele estará convocando toda a executiva e os membros do partido para que nós possamos firmar uma posição, e dentro dessa definição nós iremos decidir, de acordo com o que for abalizado pela maioria - explicou.



Guilherme Almeida dá novas pistas de que não acredita mais no blocão

Nas entrelinhas, o deputado Guilherme Almeida voltou a defender o fim do blocão, formado na Paraíba pelo PSC, PT e PP. A exemplo do deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) que tenta levar o partido par as hostes tucanas por entender que “nada está definido” em relação ao apoio do PT-PB a pré-candidatura do PMDB ao Governo do Estado, Guilherme Almeida quer tirar o PSC do agrupamento da disputa e levá-lo a apoiar a candidatura de Cássio Cunha Lima.




Guilherme deu a entender que não acredita mais na candidatura de Leonardo Gadelha para governador.Recentemente o deputado estadual e atual secretário de Agricultura de Campina Grande, Guilherme Almeida (PSC), surpreendeu ao defender a pré-candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado. "Essa é minha opinião pessoal", destacou.



O parlamentar licenciado avaliou que a estrutura do blocão, do qual o PSC faz parte não parece ter espaço para a sigla e, por isso, seria mais prudente apoiar a canddatura do tucano ao governo. "Sinto fragilizado esse bloco que meu partido faz parte, mas não posso falar em nome do partido. Vou apenas destacar a minha visão".



Guilherme ainda negou ter problemas com seu primo Veneziano Vital do Rêgo, mas reconheu as divergências políticas. "Faço parte de um governo novo em Campina Grande e com a chegada do senador Cássio Cunha LIma ao governo vamos dar um salto", disse.



O PSC, que faz parte do blocão das oposições com PT e PP, lançou a candidatura do deputado federal Leonardo Gadelha (PSC) para disputar o governo da Paraíba.



sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Tucanos e peemedebistas se reúnem no aniversário de Manoel Jr; Vené e Ruy presentes

 A festa de aniversário do presidente municipal do PMDB, o deputado federal Manoel Junior, não terá apenas felicitações, bolo e velinhas. A política que ferve no Estado em ano eleitoral, deverá dominar o assunto nas comemorações. A festa acontece na casa de recepções Jampa Ville no Altiplano de Cabo Branco em João Pessoa.


O ex-prefeito de Campina Grande e pré-candidato a governador Veneziano Vital do Rêgo, deverá se encontrar no evento, com o presidente estadual do PSDB, o deputado Ruy Carneiro. Ruy inclusive, foi o primeiro que chegou na casa e ficou aguardando a chegada do aniversariante ao lado de Veneziano. A expectativa é que outros tucanos também compareçam a festa, a exemplo do senador Cícero Lucena. Cícero e Ruy Carneiro fazem parte da ala tucana que defende o rompimento da aliança do PSDB com o PSB e consequentemente, a candidatura do senador Cássio Cunha Lima.

O presidente do PSC, o ex-deputado Marcondes Gadelha também acaba de chegar na festa.  Marcondes defende a candidaura do blocão, formada pelo PT, PP e PSB, mas já sinalizou com uma possível aliança com o PMDB.. Nesse momento, Ruy Carneiro acaba de chegar acompanhado do senador Vital do Rêgo e de Veneziano Vital do Rêgo.


Nos últimos dias aumentaram as especulações dando conta de uma provável aliança entre tucanos e peemedebistas.Em recente declarações Manoel Júnior, admitiu a possibilidade de uma aliança entre PMDB e PSDB. Segundo ele,, dependendo de uma ruptura na relação entre o senador Cássio Cunha Lima e o governador Ricardo Coutinho, o PMDB poderia conversar com os tucnaos, “no intuito de fazer uma Paraíba mais democrática”.


– Temos um quadro de desfecho entre o governador e o senador Cássio e dependendo disso, a partir de março o PMDB fará alianças com partidos que estão no campo das oposições. Metade dos tucanos da Paraíba fazem parte da oposição. Dependendo do que ocorra da relação entre Cássio e Ricardo, os que estiverem no campo poderão conversar com o PMDB – afirmou o parlamentar.

Veneziano garante que PMDB está pronto para qualquer cenário independente do rompimento entre Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho


 Pré-candidato a governador o ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo, garantiu em declaração ao PBAgora, que o provável rompimento da aliança do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o governador Ricardo Coutinho (PSB) não irá afetar ou muda as estratégias do PMDB na corrida pelo Palácio da Redenção. Ele ressaltou que o PMDB apresenta-se como uma nova escolha diante de várias pessoas decepcionadas com a gestão e aliança entre PSB/PSDB.

E ainda frisou que, independente do quadro que venha a ser consumado, o PMDB não depende disso, depende da confiança do povo no trabalho do partido.


Veneziano reafirmou ainda que o PMDB terá candidatura própria e não dependerá de alianças com o PSDB para encabeçar a chapa, a menos que os tucanos estejam dispostos a apoiar sua candidatura e aceitando os dois cargos colocados à disposição, vice-governador e senador.

Ele relatou também que carrega uma grande carga, pois está em uma oposição sem instrumentos materiais e sem meios midiáticos, que é o mais almejado por políticos que se apresentam para um cargo importante como esse.



“Eu estou muito estimulado e este estímulo que tenho recebido, nas cidades que estou visitando, não é à toa. Ele acontece e vem principalmente por aqueles que encontramos nas ruas. A gente fica motivado porque eu gosto de fazer política no contato. Eu aprendi a fazer política assim, no contato, tanto na condição de dois mandatos de vereador quanto na condição de prefeito. É ouvir, ter o contato, estar próximo, no bom trato, educadamente, mas sabendo, acima de tudo, estreitar as relações porque, afinal de contas, a gente fortalece os nossos conceitos, as nossas concepções ouvindo as pessoas. E a resposta dos paraibanos, aonde quer que estejamos, em relação, não a Veneziano, mas a um processo de mudança, tem sido muito boa” declarou.


O peemedebista também prometeu fazer uma coligação competitiva. “Eu lamento que algumas legendas fiquem a reboque da agenda de outros partidos. O PMDB não espera pela decisão de ninguém”. O pré-candidato disse que espera até março uma disposição do PT de unir-se ao PMDB. “Tenho mantido contato com Leonardo Gadelha, Wellington Roberto e com o presidente Ricardo Marcelo”


segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Presidente de partido afirma que disputará reeleição e deixa na mão de aliados decisão sobre apoio na majoritária

O deputado estadual pastor Jutahy Menezes (PRB) afirmou na manhã desta segunda-feira (6) que deve disputar a reeleição no pleito deste ano, segundo ele, existe uma determinação do partido que o parlamentar continue legislando na Casa de José Américo. “A decisão é que eu continue com o mandato de deputado e busque a reeleição. Estarei lutando por isso e se Deus quiser e se o povo também quiser estarei voltando pra assembléia”, disse.
 
Pastor Jutahy, que é presidente do PRB na Paraíba, assumiu o cargo na Assembleia Legislativa em novembro, na vaga deixada pelo atual prefeito da Capital, Luciano Cataxo(PT). Ele declarou que na disputa pelo governo estadual nas eleições deste ano estará ao lado do atual governador Ricardo Coutinho(PSB), porém a decisão sobre quem o PRB apoiará está nas mãos dos filiados. “A minha decisão desde de a eleição do governador Ricardo Coutinho foi de apoiá-lo, mas como fui vencido pela maioria do partido, o partido apoiou a candidatura do governador José Maranhão. Eu fui dissidente. Iremos ouvir todos os prefeitos, os vereadores e a executiva pra ver qual o caminho que o partido irá tomar”, afirmou o pastor.

O parlamentar fez questão de destacar que sua posição é de apoiar o governador, mas o partido terá que discutir .



PB Agora
 

 

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O retorno: Bode vem aí, em nova temporada e edição, a partir de março de 2014. Aguardem

O vereador licenciado Edvaldo (Bode) Nascimento (PT), atualmente, secretário de Infraestrutura da Prefeitura Municipal de Lagoa Seca disse, em contato telefônico com a nossa redação, que sua permanência frente à pasta tem prazo de validade. Ele só fica até o início das atividades legislativas do ano que vem, previstas para março de 2014. "Caso resolva deixar antes, meu prazo de validade como secretário será até o final de dezembro", revelou. 
Edvaldo Bode tem se destacado com um parlamentar combativo na tribuna da Casa Napoleão Coutinho e, com o seu retorno, disse que não mudará seu estilo. "Tenho muitas coisas para revelar à população do município. Estou com saudades da tribuna. Lá é o meu lugar, aguardem; fui eleito para representar e defender o povo, acrescentou". Por fim, arrematou, dizendo: "voltarei com tudo, pois, eu sou o antídoto dos corruptos".
De fato, depois da saída de Bode da Câmara de Vereadores para assumir a titularidade da secretaria de Infraestrutura, tem-se observado um número muito pequeno de pessoas que, costumeiramente frequentavam à Casa Napoleão Coutinho. Ultimamente, poucos 'gatos pingados' têm ido às sessões para acompanhar os trabalhos legislativos dos parlamentares mirins de Lagoa Seca.
Com os olhos avermelhados da cor de fogo e a língua ardendo e afiada, Bode promete incendiar os debates, berrar muito e trazer de volta o povo à casa, que, segundo ele, é verdadeiramente do povo. 
Sem revelar nomes, revelou ainda que promete desmascarar muita gente em Lagoa Seca e que a eleição para a mesa diretora da Casa passa, definitivamente, pela decisão que tomará. "Se não for candidato a presidente, defendo desde já o nome de Diego do Veleiro para presidente da Câmara de Vereadores de nosso município", revelou.


Fonte: Ypuaranaweb  Jornalista Hélder  Loureiro

Prefeitura de Sapé antecipa pagamento de 13º salário

A Prefeitura de Sapé reforça a valorização  do servidor e antecipa o pagamento do 13º salário. Reforçando o compromisso com aqueles que trabalham em prol da cidade. A determinação do prefeito Roberto Felicano (PSB)é que o benefício seja pago nesta sexta-feira (13) antecipando em sete dias a data limite para que os valores referentes aos benefícios sejam depositados nas contas do Banco Bradesco .

“É motivo de orgulho conseguirmos pagar 15 folhas em 12 meses de gestão, pagando dentro do mês trabalhado!”, destacou o prefeito Roberto Feliciano revelando a existência

De acordo com a secretária de Administração de Sapé Graça Feliciano, a determinação do prefeito é respeitar o servidor que dignificam a sua gestão: “Estamos mantendo um diálogo constante com os sindicato dos servidores para que possamos estar em sintonia com os interesses dos servidores”, contou a secretária. “Estamos efetuando o pagamento do salário dentro do mês trabalhado e tenho certeza que o nosso servidor terá um Natal de muita paz e um Ano Novo marcado pela alegria, ao contrário da gestão passada que era trilhada pela falta de transparência”, pontuou o prefeito.

Quando Roberto Feliciano assumiu a gestão no início do ano regularizou os salários dos servidores que estavam duas folhas atrasadas, o mês de dezembro e o 13º salário. “Na próxima semana anunciaremos inúmeras novidades para os servidores”, encerrou Roberto Feliciano.

.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Estela diz que critica à ALPB não foi generalizada, mas sim pontual referente a alguns temas

“Apenas critiquei o desempenho da oposição quando suscita temas que nada acrescentam ao desenvolvimento da Paraíba e emperra projetos importantes. Não foi uma crítica generalizada, mas pontual”. Essa foi a resposta da secretária de comunicação do Governo do Estado, Estela Bezerra (PSB), após a repercussão das suas declarações, em um programa de TV fechada, no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba.

A socialista esclareceu ainda que tem um profundo respeito pelo parlamento estadual, tanto o é que no próximo ano deverá disputar uma das 36 vagas na Casa de Epitácio Pessoa.

“Respeito tanto a Assembleia que estarei pleiteando uma das vagas daquele Poder no próximo ano, exatamente por saber do seu papel essencial à democracia e o papel transformador da vida das pessoas”, explicou.

Apesar do esclarecimento, as declarações de Estela Bezerra, assim como as do governador Ricardo Coutinho (PSB), acabou recebendo a aprovação do voto de repúdio do parlamento estadual, também de forma unânime, ou seja, tanto com os votos da oposição, quanto com os votos da situação.

Durante a entrevista no canal de TV fechada, Estela criticou o empobrecimento dos debates na Assembleia Legislativa da Paraíba. Ela ainda disse que, diante de alguns temas, quem assistia a TV Assembleia, ou mudava de canal ou desligava o aparelho televisivo, todavia garantiu que os comentários se referiam ao frequente bombardeio da oposição com debates irrelevantes.

sábado, 7 de dezembro de 2013

FIM: Policia Militar do Municipío de Lagoa Seca prende "Rafael Paredão" acusado de matar menino Lucas Araújo

Apos meses tentando capturar homem, que matou o jovem estudante Lucas Araújo da  cidade  de  Lagoa Seca, no Agreste do Estado da  Paraíba, Policiais civis do Municipío prenderam por volta das 10h00 desta sexta-feira (06/12) Rafael Rodrigo da Silva Cosme, o “Rafael Paredão”, de 22 anos.
Ele é acusado de assassinar na companhia de dois adolescentes, Lucas Araújo da Silva, de 12.
 
 
O Menino morreu vítima de um tiro nas costas. O crime, de grande repercussão, ocorreu na madrugada de 24 de outubro em Lagoa Seca, durante uma tentativa de assalto.
 
 
“Rafael Paredão” foi preso quando “descarregava a carga de um caminhão” no bairro Prata, em Campina Grande.
O acusado negou o crime e garantiu que nada sabia, mas no celular dele constava o número do telefone da mulher que chegou a ser envolvida na morte de Lucas, já que a casa dela servia como “base” para quadrilha que assassinou o menino.

Fonte: Blog do Ranatodiniz.com 

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

RC ironiza voto de repúdio na ALPB: “Fiquei tão preocupado que tô quase paralisando as obras”

O voto de repúdio às declarações do governador Ricardo Coutinho, aprovado por unanimidade, na sessão de ontem, quarta-feira  (04), na Assembleia Legislativa da Paraíba não causou nenhum tipo de incomodo ao chefe do executivo. Pelo contrário.

Sobre o assunto, Ricardo Coutinho fez piada quando indagado sobre a aprovação unanime da propositura do deputado Caio Roberto (PR).

“Eu fiquei tão preocupado que eu estou quase paralisando as obras do Estado. Eu tenho é mais coisa pra fazer. Se alguém achar que vai perder tempo numa sessão na assembleia por causa de uma palavra que proferi e virou obesessão para alguns, eu não posso fazer nada”, retrucou.

Ricardo Coutinho disse ainda que ‘não tinha tempo a perder com coisas pequenas’.

“Eu tenho responsabilidade para com o cargo e para com o mandato que eu exerço e acho lamentável a assembleia, com tantos debates produtivos esteja perdendo tempo com uma coisa dessas”, falou.

Alheio às picuinhas políticas, o governador aproveitou para anunciar que vai reformar o programa Gol de Placa na Paraíba.

"Eu tenho para dar para a população obras, ações e serviços, quem não tem fica com esse tipo de coisa pequena", finalizou.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Rodrigo Soares deixa presidência estadual e toma posse na direção nacional do PT no próximo dia 12

Eleito ao lado de Rui Falcão na chapa ‘Construindo Um Novo Brasil’, apoiada pelo presidente Lula, o ex-deputado estadual Rodrigo Soares será empossado no próximo dia 12 como membro da direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT). A posse acontecerá em Brasília no Congresso Nacional do partido.

 
Segundo Rodrigo Soares, o desafio é preparar o partido para o processo eleitoral de 2014. “Ao lado da direção estadual e das direções municipais, iremos trabalhar em torno da reeleição da presidente Dilma Rousseff e na Paraíba apoiaremos as decisões do partido, que tem como foco a formação de uma nova força política no estado a partir do blocão PT, PP e PSC”, disse.



Ainda segundo o dirigente petista, a meta é avançar na agenda de desenvolvimento do Brasil, que vem dando certo desde o governo do presidente Lula e agora com a presidenta Dilma. “Vamos ampliar a aliança com outros partidos da base, apresentando candidaturas ao governo do estado e ao Senado Federal nas eleições do próximo ano, priorizando o projeto de desenvolvimento da Paraíba em sintonia com o projeto nacional”.


Rodrigo Soares conclui mandato de presidente estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, gestão em que a legenda lançou candidatura e venceu as eleições de 2012 em João Pessoa, elegeu outros cinco prefeitos e cerca de 110 vereadores. Atualmente, o Partido dos Trabalhadores está organizado e possui representação em 208 municípios paraibanos.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Vereador mais votado no Municipío de Montadas, Naldo DEM consegue com parceria com o SENAI curso de informática

O vereador do  pequeno Municipío de  Montadas, no Agreste do Estado da  Paraiba,  Ronaldo de  Oliveira conhecido por toda popualação como "Naldo"   em parceria com o SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial,  irá trazer para o Municipío  Curso Gratuito de  Informática.



Em conjuto com o prefeito de  Montadas, Jairo Herculano (PSB),  o vereador Naldo (DEM) conseguiu o benefício com parceria com o SENAI, o curso irá  benefíciar mais de 30 jovens. segundo o vereador Naldo, o benefício também terá direito a  Bolsa  de 100 reais.



Vale  lembrar, Naldo Oliveira está em seu segundo mandato de  vereador, sendo o vereador mais votado do Municipío de  Montadas por duas vezes,  atualmente  é filiado ao DEM -  Democratas.  obteve nas eleições  de 2012,  294 votos.

Estela não prevê dificuldades do PSB para compor a chapa majoritária em 2014: “Quem não quer participar de um Governo bem avaliado?”, retruca

Pré-candidata a deputada estadual, a secretária de Comunicação do Governo da Paraíba, Estela Bezerra (PSB) disse, nesta terça-feira (03), que a chapa encabeçada pelo PSB não deverá ter dificuldade para se formar em 2014.

Para Estela, a boa avaliação da gestão socialista credencia o Governo Ricardo Coutinho a atrair bons nomes para compor a chapa nas vagas de vice e de senador. “Temos vários partidos que compõe o Governo, como o DEM, o PSD, o PSDB, o PV, entre outros e com certeza eles estarão novamente conosco em 2014, pois fizemos uma aliança em 2010 pensando em um projeto duradouro e não apenas no momento”, falou.

Estela disse ainda que acredita na manutenção da aliança com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). “Quem não quer participar de uma chapa cujo Governo está bem avaliado?”, finalizou.

As declarações de Estela foram veiculadas na Rádio 100.5

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A CORRIDA ELEITORAL DE 2014: O ex - vereador Nilton César PMN pretende concorrer as eleições estaduais de 2014

O ex - vereador do Municipío de  Lagoa Seca, e ex - presidente do PSB - Partido Socialista Brasileiro,  Nilton César (PMN) mesmo sem mandato de vereador   e sendo o terceiro suplente de  vereador, o ex-  vereador Lagoasequense não esconde de ninguém o seu desejo em disputar a corrida eleitoral em 2014 a uma vaga de  deputado estadual ou federal.




 Nilton César (PMN),  tentou a sua reeleição para vereador em 2012,  Mais obteve apenas 462 votos  O PSB no ele era filiado na epóca, coligou-se, com PSC, PMDB, PT, DEM,  PTB  o ex - presidente do PSB na epoca, já falecido, o ex- Lider Fernando da  Farmácia  lançou em 2012   3 candidatos a vereador, sendo eles;  Nilton César a  reeleição, Jô de  Fernando, e  o jovem Dr. Jacomé.





Com o apoio do PSB ao PSC  nas eleições de 2012  ao "Homem do Supermercado"   o empresário José Tadeu  candidato a prefeito na época foi eleito prefeito da  cidade, a nível de  Secretária o PSB - de  Nilton César ficou sem Secretária,  sem falar  nos prejudicados e "Barrados pelo presidente do PSB"  nas eleições  municipais de 2012 sendo eles : Paulino Patriota, Marinalva do Feijão Verde, Paulão da  Piscina,  Professor Arimatéia, Gildo de  Campinote, Belinha,  Beto do Floriano.


Entenda:


O presidente  estadual do PSB na Paraiba, Edvaldo Rosas,  tinha nomeado  como nova presidenta do PSB - Lagoa Seca em 2011, a  jovem Advogada Sabrina Lucena filha do ex - prefeito do Municipío de  Lagoa Seca, Dr. Edvardo Herculano de  Lima (PSDB),  Sabrina ficou na  presidência do PSB  - no mês de maio de 2012 até 27 de  Junho faltava apenas 3 dias para as convenções partidária na quele ano.



O  ex - vereador Nilton César,   junto com  o ex - Líder Fernando da  Farmácia conseguiu converser o então presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas,  para colocar o vereador na época,  Nilton na presidência da legenda tanto que conseguiram, com a nomeação do ex - vereador na presidência do partido,  7 candidatos fortes ficaram de fora das eleições de 2012, Paulinho Patriota teria sido eleito, Beto do Floriano  teria sido eleito, Marinalva do Feijão Verde ficaria como 2º suplente,  Paulão  da  Piscina ficaria 4º suplente,   os outros "Barrados" pelo presidente Nilton César, foi  Belinha, Gildo de  Campinote.



O novo presidente  do PSB  do Governador Ricardo Coutinho - em Lagoa Seca, é o jovem suplente de vereador em exercício, jovem Dr. Jacomé  filho do ex- prefeito do Municipío de  Lagoa Seca, Pedro Jacomé de  Moura, conhecido popurlamente como  "Pedro do Pão".

Cássio revela futuro político de seu filho e diz que decisão do PSDB só sai em 2014


O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) revelou em evento ocorrido ontem, sábado (30) na cidade de Sousa várias informações sobre seu futuro  político e do seu filho Pedro Cunha Lima filiado ao PSDB.


Para Cássio, Pedro deve ser candidato a deputado federal já nas próximas eleições. O pai orgulhoso rasgou elogios ao filho, mas avisou que ele está estudando mestrado em Coimbra, Portugal para se preparar ainda mais para um futuro político.



"Pedro terminou direito, passou no Exame da Ordem e faz mestrado em Coimbra. Para quem não o conhece, é um jovem talentoso que estuda, se qualifica e que é preparado, um humanista. Eu costumo dizer que Pedro revelou as virtudes do avô e não puxou aos defeitos do pai. Então ele tem muito talento para qualquer coisa que ele possa vir a fazer. Ano que vem é provável que ele seja candidato a deputado federal, mas é uma decisão que cabe ao partido e posteriormente ao povo da Paraíba. Ninguém é candidato de si mesmo", explicou.




Indagado sobre sua aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e sua possível candidatura ao governo, Cássio deixou claro que esse assunto vai depender da decisão da justiça e do partido. 



"Faz parte da política do Estado essas indagações. O povo é muito
participativo na Paraíba e o que tenho para dizer é que existe duas vertentes na legenda: uma que apoia a manutenção da aliança com o PSB e outra que defende a candidatura própria. No ano que vem o partido vai discutir essas questões e deliberar sua decisão".


Em relação a Ricardo, Cássio disse que fez de tudo para ajudá-lo e que o que não pode ajudar, também não atrapalhou e que o mais importante é buscar soluções para os problemas das pessoas. 



"Tenho ajudado a Paraíba e o governo estadual. Ninguém pode dizer que fiz qualquer gesto para atrapalhar, para não construir. Se não pude ajudar no que esperava também não atrapalhei. A Paraíba está cansada de embates políticos permanentes. Me comportei e sempre vou fazê-lo dentro de minhas convicções que é preciso o tempo da política e o tempo da eleição. Estou trabalhando nas questões administrativas para buscar soluções para os problemas das pessoas. Vamos ter tempo hábil para se fazer nossas discussões em torno disso", finalizou.
src='http://ads.egrana.com.br/indica/7779